O Lado Obscuro das Coisas

14:18 Diego Santos 0 Comments

Bob Esponja - Os 7 Pecados Capitais


Os personagens principais do desenho “Bob Esponja” foram inspirados nos 7 pecados capitais, de acordo com informações obtidas no primeiro DVD da série.

Preguiça: Patrick
Ele vive debaixo de uma pedra o tempo todo e realmente não faz nada. Na verdade, no episódio "O Grande Fracassado Cor de Rosa" da 2ª temporada, ele ganhou um prêmio por não fazer absolutamente nada durante mais tempo.

Ira: Lula Molusco
Ele odeia a sua vida, odeia principalmente o Bob Esponja, e é basicamente zangado com tudo o tempo todo.

Avareza: Sr. Siriguejo
Como o velho Siriguejo não poderia representar a avareza? Ele até cantou sobre o poder da cobiça no episódio "Á Venda" da 4ª temporada.

Inveja: Plankton
Plankton tem inveja do Sr. Siriguejo, porque o Siri Cascudo é um sucesso enquanto o Balde de Lixo é um fracasso. Sua inveja leva-o a tentativas constantes de roubar a fórmula secreta do Siri Cascudo.

Gula: Gary
Você já percebeu a piada recorrente no desenho, onde eles dizem "Não se esqueça de alimentar o Gary" ou que o Bob diz: "Eu tenho que ir dar comida pro Gary". Gary até mesmo fugiu de casa, naquele episódio em que o Bob Esponja se esqueceu de alimentá-lo. A gula normalmente se refere ao excesso de comida, então poderia-se supor que este se encaixe muito bem nele.

Soberba: Sandy
Sandy tem um excesso de orgulho em quem ela é e de onde vem. Ela se orgulha do fato de que veio do Texas, e gosta de ter certeza de que todo mundo saiba disso. Ela também se orgulha muito do fato de ser um mamífero e uma criatura da terra, como foi mostrado no episódio "Pressão" da 2ª temporada, onde tenta provar que criaturas terrestres são melhores do que as marinhas.

Luxúria: Bob Esponja: 
Esta é a comparação que mais gera discussão entre os fãs. A palavra luxuria (que vem do latim luxuriae) tem um significado extremamente ligado à paixão excessiva e entrega demasiada ao amor carnal. O Bob Esponja mostra seu amor excessivo pelos outros com suas formas exageradas de fazer o bem e ajudar as pessoas. Se alguma coisa é realmente verdade sobre o Bob Esponja, é que ele ama excessivamente todos ao seu redor.

Todas essas comparações são suposições feitas por fãs da série, já que além de desmentir a história, Hillenburg nunca correlacionou a qual pecado cada personagem representaria. 

0 comentários: